skip to Main Content
ÁREA DO ASSOCIADO:

O que considerar ao contratar uma proteção veicular?

O Que Considerar Ao Contratar Uma Proteção Veicular?

Comprar um carro é uma conquista para o conforto do brasileiro. No entanto, com a onda de violência crescente nas principais cidades do país, a proteção do veículo contra eventualidades se torna uma urgência. Ainda assim, o alto custo de um seguro faz com que muitas pessoas deixem o carro desprotegido. É por isso que está na hora de contratar proteção veicular.

Algumas pessoas se confundem entre os dois serviços e acabam duvidando se uma opção mais econômica que o seguro é confiável. Para tirar todas as dúvidas, vamos explicar as diferenças e dar dicas de como contratar uma boa empresa de proteção veicular.

Diferenças entre seguro e proteção veicular

Definitivamente, o preço é um das diferenças mais marcantes. Enquanto o seguro vai colocar um valor baseado em informações como idade e sexo, a proteção veicular vai usar como base o preço do veículo, independentemente do seu perfil.

Além disso, a adesão da última é mais fácil, com a disponibilidade de cobertura no primeiro dia. A seguradora, no entanto, vai analisar diversos fatores para informar o custo, gerando mais burocracia.

No seguro automotivo, a pessoa, por meio de uma apólice, transfere o risco do veículo para a seguradora. Ao contratar proteção veicular, pela assinatura do Contrato de Responsabilidade Mútua, o indivíduo divide esse risco com quem faz parte da associação.

Como encontrar uma boa empresa de proteção veicular?

Com a grande vantagem do baixo custo, algumas associações de proteção veicular agiram de má-fé e não entregaram ao consumidor o que tinham prometido. O resultado é que muitas pessoas não confiam muito em contratar proteção veicular.

A questão é que existem muitas empresas de boa qualidade no mercado e você pode garantir uma ótimo serviço com um preço que pode pagar. Mas como saber se uma associação é de confiança? Confira as dicas abaixo.

Busque uma empresa com avaliações positivas

Antes de contratar proteção veicular, pesquise referências da empresa nas mídias sociais. Veja que tipo de comentários e avaliações as pessoas fazem. O mesmo pode ser feito no Reclame Aqui. Se os clientes relatarem experiências ruins, verifique se a empresa respondeu ou resolveu os problemas.

Peça a indicação de conhecidos

Nada como confiar na opinião de um amigo, não é? Pergunte a eles se podem indicar associações íntegras. Normalmente, esse tipo de informação é bem certeiro com a realidade.

Analise o contrato com atenção

Antes de assinar, leia atentamente o contrato de adesão e peça para o consultor explicar detalhadamente todo o documento, especialmente os direitos e deveres. Se puder, é sempre bom contar com um auxílio jurídico para verificar se a papelada está dentro das normas.

Fique de olho na oscilação do rateio

Se a associação aumentar constantemente a mensalidade, é bom ter cuidado. A chamada oscilação de rateio é um hábito de empresas de má qualidade, já que a associação conta com um fundo de reserva e não tem necessidade de solicitar aumentos tão frequentes.

Você vai se surpreender com o quanto as boas empresas de proteção veicular se dedicam à satisfação do cliente. Contratar proteção veicular é algo que cabe no orçamento de muitos brasileiros e ainda proporciona comodidade e cuidado com o seu veículo.

Já que você leu até aqui, que tal conhecer os serviços da AMV Brasil? Fale conosco!