skip to Main Content
ÁREA DO ASSOCIADO:

Carro novo ou usado? Qual vale mais a pena?

Quando você sente que está na hora de comprar um veículo, pode surgir uma dúvida: carro novo ou usado? Se a questão do orçamento não é a sua preocupação, a decisão fica muito mais fácil. No entanto, se você receia as consequências da crise econômica, essa não é uma escolha tão simples assim.

Afinal, será que a economia que você vai fazer agora não será um gasto no futuro? É importante pensar no que mais vale a pena na hora de comprar um automóvel. Por isso, elencamos as vantagens e desvantagens de cada opção e ainda trazemos uma terceira escolha. Vamos lá?

O que considerar se for comprar um carro novo?

Vantagens

Ser o primeiro dono do carro

Se você é o primeiro proprietário do veículo, as chances de ter estresse com algum defeito são bem menores. Você vai gastar menos com manutenção nos primeiros anos, os sistemas funcionam perfeitamente e a pintura está com boa qualidade.

Além disso, você ainda é poupado da burocracia da documentação ou dos antecedentes do carro. É possível já sair da concessionária com tudo resolvido.

Mais facilidade em vender

Se você quiser vendê-lo, será mais fácil garantir um comprador, ainda mais se o veículo estiver bem conservado. Se a sua intenção não é vendê-lo logo, a vantagem é ainda maior, já que, como falaremos mais adiante, ele desvaloriza mais rápido.

Desvantagens

Alto preço de mercado

Não tem como ignorar esse ponto negativo. Ao enumerar as diferenças entre o carro novo ou usado, o modelo zero-quilômetro vai custar bem mais. Essa escolha depende amplamente do quanto essa despesa cabe no seu orçamento.

Maior desvalorização

Assim que o carro sai da concessionária, o seu valor cai consideravelmente. O primeiro ano do veículo é o que mais contribui com a queda no seu preço. Ele só começa a se estabilizar após o terceiro ano.

O que analisar antes de levar um carro usado?

Vantagens

Preço mais em conta

Esse é um quesito indiscutível. Muitas vezes, há opções de veículos usados com melhores atributos do que um novo, mas por um valor bem maior. É preciso analisar o que você espera do automóvel.

Além disso, normalmente, os carros que já tiveram um dono possuem um IPVA (Imposto de Propriedade sobre Veículos Automotores) menor. Dependendo da sua verba, essa é uma opção que pode solucionar as suas necessidades sem comprometer a sua renda.

Menor desvalorização

Depois que passa do terceiro ano, o valor de mercado se estabiliza, o que é um ponto positivo para os carros usados. É justamente por essa desvalorização que é possível comprar um carro muito bom por um preço mais baixo do que o do zero-quilômetro.

Desvantagens

Despesas com manutenção

Se você não consultar um mecânico de confiança, pode levar um carro que apresente prejuízos constantes. Verifique a lataria, o desgaste dos sistemas e se o antigo dono fazia bom uso do veículo.

Pendências do antigo dono

Também é importante checar no site do Detran se o veículo possui multas pendentes ou se já foi roubado. Melhor prevenir uma dor de cabeça com os antecedentes do automóvel, certo? Pesquise também se itens como placas, chassis e vidros conferem com o que está descrito na documentação.

Por que não um seminovo?

Quer uma alternativa entre o carro novo ou usado? O seminovo é contemplado nos três primeiros anos de boas condições de um veículo novo, o que vai economizar na manutenção. Além disso, o preço é bem mais atraente do que o do zero-quilômetro.

Seja qual for a sua escolha, é essencial pesquisar sobre as características do veículo e se ele é adequado às suas necessidades. Além disso tudo, não deixe de investir em proteção veicular para que a sua decisão esteja protegida de quaisquer eventualidades.

Agora que você já pode decidir entre o carro novo ou usado, que tal receber mais conteúdos como esse? É só assinar a nossa newsletter.