skip to Main Content
ÁREA DO ASSOCIADO:

4 coisas que você precisa saber sobre a revisão do seu carro

4 Coisas Que Você Precisa Saber Sobre A Revisão Do Seu Carro

Uma das grandes dúvidas dos motoristas, principalmente depois de comprar o seu primeiro veículo, é sobre a revisão do carro. Todo dono de um automóvel sabe que é necessário fazer essa inspeção, mas quando é preciso informações mais detalhadas, como a frequência, quais peças do veículo trocar, como realizar essa revisão, normalmente há muitas incertezas.

Por conta disso, separamos algumas dicas sobre esse assunto neste post. Para saber mais como proceder nessa hora crucial, confira 4 coisas que você precisa saber sobre revisão do carro. Boa leitura!

1. Verifique sempre o manual do veículo

Normalmente as revisões do veículo são feitas a cada seis meses ou a cada dez mil quilômetros, o que acontecer primeiro. No entanto, isso não é uma regra e varia de acordo com o modelo do veículo, além de ter diferentes tipos de revisões dos diversos componentes do automóvel.

Quando pintar a dúvida, basta recorrer ao manual, lá terá discriminado todas as quilometragens e tempo entre as revisões e em quais sistemas é preciso realizá-la. Além disso, alguns carros mais modernos avisam no painel quando está na hora de dar uma parada na oficina.

2. Faça a revisão do veículo antes de viajar

É dever de todo condutor ir à oficina antes de pegar a estrada. Como o veículo atingirá velocidades muitos maiores na rodovia, caso ocorra uma falha, o acidente pode ter proporções muito maiores, portanto, é preciso dar uma passadinha no mecânico.

Os itens que devem ser verificados são os mais básicos: o sistema de lubrificação — ou seja, a parte do óleo do motor —, os freios, as correias, o sistema de arrefecimento — que refrigera o motor — e os pneus — calibrar, alinhar e balancear —, sem se esquecer do estepe, o sistema elétrico e os equipamentos de segurança — cinto de segurança, extintor de incêndio, macaco e chave de roda.

3. Fique atento aos custos

A principal dor de cabeça nessa hora é o custo das revisões. Às vezes pode pesar no bolso do proprietário, principalmente quando chegam às revisões que demandam um custo mentor. Por isso, tenha sempre uma reserva financeira para esse fim.

Caso não seja feita essa revisão preventiva, além de aumentar o risco de falhas mecânicas e, consequentemente, de acidentes, será preciso fazer consertos no veículo, os quais têm um preço bem maior que as revisões periódicas.

4. Tenha um mecânico de confiança

Para muitas pessoas, o carro é praticamente um integrante da família e, assim como ela tem um médico de confiança, o veículo precisa ter um mecânico para suas manutenções e revisões. Para isso, converse com amigos e familiares sobre o assunto, faça uma lista de locais e visite-os.

Quando for conhecer uma oficina, pergunte em quais áreas os funcionários são capacitados — mecânica, elétrica, hidráulica, injeção — e, caso for necessário um reparo no seu veículo em um segmento que eles não são especializados, se ele tem pessoas de confiança para indicar.

A revisão do carro é uma etapa importante e que deve ser realizada periodicamente, a fim de evitar dores de cabeça maiores no futuro. Para isso é preciso estar atento no tempo, na quilometragem do veículo e em seu manual. Com isso, o seu veículo terá uma longevidade maior e a segurança de quem anda nele e de todo o trânsito também.

Gostou deste post? Agora que você sabe o que é preciso na hora de fazer a revisão de seu veículo, assine nossa newsletter e fique por dentro do mundo automobilístico.