skip to Main Content
ÁREA DO ASSOCIADO:

Pane elétrica no carro: confira os motivos e saiba o que fazer

Ia pegar a estrada, mas foi dar partida no carro e nem sinal dele funcionar? Ou ele dá partida mas, aos poucos, as luzes começam a enfraquecer até que ele desliga novamente? Você pode estar enfrentando uma pane elétrica no carro. Mas não se preocupe, pode não ser nada tão grave assim.

A pane elétrica é uma situação que nenhum motorista quer passar na vida, mas que pode acontecer. Por isso, é muito importante entender as causas do problema para não deixar a situação ainda pior e evitar danificar o veículo, especialmente quando o problema é simples.

5 causas comuns de pane elétrica no carro

Para entender melhor o que está acontecendo e não ser pego de surpresa, é preciso saber o que pode causar uma pane elétrica no veículo. Assim, você não toma medidas precipitadas e também tem a certeza de que está chamando o profissional certo para o problema.

Separamos para você os 5 principais motivos que levam a esse tipo de pane. Vamos lá?

1. Bateria

A causa mais comum dos problemas elétricos é a bateria descarregada. Como a bateria “morre silenciosamente”, às vezes é difícil perceber o problema com antecedência e buscar uma solução. Porém, problemas com a bateria costumam ser simples.

Quando ela está sem carga, pode ser que sua vida útil já tenha terminado ou porque o motorista apenas esqueceu o farol ligado, por exemplo. No primeiro caso, é preciso fazer a troca. Já no segundo, basta uma carga para que ela volte ao normal.

2. Terminais da bateria

Outro problema comum com a bateria acontece com os terminais (os cabos que levam energia da bateria para o carro). Quando os terminais não estão devidamente apertados, o carro experimenta cortes repentinos de energia, podendo fazer até o motor desligar.

Além disso, um terminal mal conectado pode ocasionar problemas no carregamento da bateria e diminuir muito sua vida útil.

3. Alternador

O alternador é o responsável por carregar a bateria enquanto o carro está ligado. Os sintomas de um problema no componente são semelhantes ao da bateria, mas podem ser percebidos especialmente com o motor em funcionamento.

Geralmente, as luzes do painel do veículo vão ficando gradualmente fracas, levando o motor a começar a falhar e até a desligar abruptamente. O alternador é uma peça cara, mas nem sempre é preciso trocá-la inteira, o que acaba barateando o serviço.

4. Correia do alternador

A correia do alternador é a responsável por transmitir a força mecânica (giro do motor) para carregar a bateria. No caso da correia é simples: se ela se romper ou estiver muito frouxa (com aquele barulho de pneu patinando sob o capô), a bateria não será carregada e o carro não vai ligar.

5. Injeção eletrônica

Item mais complicado da nossa lista, a pane da injeção eletrônica acontece quando a luz da injeção acende no painel e o carro desliga sozinho. Nesses casos, não há muito que fazer, pois somente um mecânico especializado poderá realizar o diagnóstico do problema.

O importante é não ficar na mão

Independentemente do problema apresentado, o mais importante é contar com o auxílio de um profissional qualificado para resolver o problema. Por isso, a proteção veicular é tão importante: basta acioná-la e deixar que os profissionais resolvam para você, sem dor de cabeça nem custos adicionais com guinchos e até visitas de mecânicos e eletricistas.

E aí, aprendeu todos os motivos que levam a uma pane elétrica no carro? Então assine nossa newsletter e não perca mais nenhuma dica como essa!